A Cardiopatia Congênita no Ceará

Durante Audiência Pública realizada no dia 30 de março de 2016, na Assembleia Legislativa do Ceará, Dr. Valdester Cavalcante (fundador do InCor Criança) apresentou seu trabalho de MBA intitulado “Cardiopatias Congênitas – Rede de Atenção à Saúde”, o estudo assegura fundamentos para a formulação de uma proposta de Rede de Atenção Integral à Saúde dos Portadores de Cardiopatias Congênitas no Ceará.

12936642_809060185904500_8742385836558884094_n

A audiência aconteceu com o apoio dos deputados Dr. Carlos Felipe e George Valetim e do Sr. Moacir Soares (pai de criança cardiopata), com a participação do Dep. Capitão Wagner, Dra. Lilian Amorim (secretaria executiva da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará), Dr. Tadeu Uchoa Filho (representante da Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública), Dr. Ricardo Maria Nobre Othon Sidou (representante do Conselho Regional de Medicina), Dr. Josete Malheiros Tavares (presidente do Conselho das Secretarias de Saúde do Estado do Ceará/Cosems), Dr. Sandro Salgueiro Rodrigues (presidente da Sociedade Cearense de Cardiologia), Dr. Rafael Barreto (representante da Comissão de Saúde da OAB/CE) e Dr. Glauco Lobo (representante da UFC).
Tendo como encaminhado da audiência pública a proposta do InCor Criança fazer parceria com o Hospital São Camilo – Cura d’Ars para a realização das cirurgias. A Dra. Lilian Amorim, comprometeu-se a fazer um grupo de trabalho para a reCongressoalização da parceria. O deputado Carlos Felipe também colocou como proposta contatar os deputados Federais para designar verba para o InCor Criança.
Após essa audiência, o InCor Criança foi convidado, pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular – SBCCV, a participar do 43° Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, que aconteceu de 7 a 9 de abril de 2016, no Centro de Eventos do Ceará. Nesse momento, Dr. Valdester Cavalcante e Sr.Stônio Almeida (presidente do InCor Criança) participaram do Painel de Discussão “A cardiopatia congênita na agenda da saúde pública”. O debate, moderado pelo cirurgião José Teles de Mendonça (ex-presidente da SBCCV), contou com a presença do presidente do Departamento de Cirurgia Cardiovascular Pediátrica-SBCCV (Dr. Fernando Moraes), da presidente do Departamento de Cardiopatias Congênitas e Cardiologia Pediátrica – DCC/CP (Angélica Binotto), do diretor de assuntos internacionais da Fundação Children’s HeartLInk (Andreas Tsakistos), convidados estrangeiros (Dr. Rodolfo Neirotti e Dr. Alexis Palacio), secretário executivo da Secretaria de Saúde de São Paulo (Nelson Yatsuda). Um ponto importante no evento foi a participação de familiares das crianças cardiopatas.

Veja outras publicações de Políticas Públicas / Gestão em Saúde 

Deixe uma resposta